Tortura & Elefantes

A Tailândia é um país de sorrisos e pessoas gentis mas tem em simultâneo a exploração animal como fonte de receita para grande parte da população residente nos centros turísticos.
Eu abomino toda e qualquer forma de exploração, humana ou animal! Vai contra tudo o que acredito, principalmente se estivermos a falar de animais em vias de extinção no seu estado selvagem.
Por isso antes de embarcar nesta viagem, informei-me sobre os diferentes tipos de centros de resgate de animais e apesar de existirem na internet IMENSOS centros referenciados, contam-se pelos dedos das mãos os que realmente trabalham em prol do bem estar dos animais.
E foi através de uma ONG de referência que cheguei aqui ao Elephant Nature Park 🐘
Para que os turistas possam andar em cima dos elefantes estes são maltratados e torturados pelos próprios donos.
Mas este campo compra esses animais para lhes dar alguma qualidade de vida, sem tortura e com total liberdade.
Acontece que estes elefantes chegam aqui sem presas, com as patas partidas e bastante fragilizados, são precisos meses de trabalho e muita dedicação para que alguns recuperem a grandeza com que nasceram.
Vim como voluntária para trabalhar e contribuir de alguma forma para o bem estar destes animais.
Posso-vos confessar que não consegui pregar olho na noite anterior, deitei-me por volta da uma e tive de me levantar às quatro da manhã, já que o campo fica em Kanchanabury a cerca de 3 horas de viagem de Bangkok.
O ponto de encontro do nosso grupo de voluntários era as 8:00h, foi fácil reconhecer quem ia para o campo, estávamos todos com um enorme sorriso numa estação de autocarros no meio do nada!!!
Foi preciso mais uma hora de viagem para chegar ao campo…
97c720_d6302202be784947aaea033876eaf53c-mv2_d_3024_4032_s_4_2
O primeiro impacto.
Foi para lá de mágico!
Não tenho palavras para vos descrever a violência com que fui arrebatada por emoções que eu não sabia existirem
Chorei, não de tristeza mas sim de alegria por ter chegado até ali.
O campo onde eu fiquei tem 18 elefantes, 17 fêmeas e um macho todos com mais de 30 anos e a mais velha com quase 60 anos.
Depois de uma breve apresentação fomos logo trabalhar, aliás era para isso que ali estávamos, descarregar uma carrinha de melancias e partir em quartos, preparar bolas de arroz com bananas e algumas vitaminas e ir alimentar as gulosas que não se calavam!!!
Eu não tinha a menor ideia que os elefantes vocalizassem tanto, são mesmo muito barulhentos!!!
Depois de comerem as guloseimas que preparámos elas têm de passear um pouco e aí continuam sempre a comer, o passeio embora curto em distância leva uma eternidade, elas parecem crianças!!!
Se vêm um ramo interessante vão puxá-lo, ou se a árvore até parece robusta toca de se esfregar para se coçarem, a parte gira de ver (mas à distância, quando se está mesmo ao lado como eu estava não é assim tão giro) é quando o chão tem areia, toca de agarrar com a tromba e mandar para o lombo, não me livrei de alguns banhos de areia!!!
Adoram festas e mimos, os elefantes são enormes e em simultâneo super meigos e delicados, por isso andamos lado a lado com eles com total segurança.
Cada elefante tem um tratador exclusivamente dedicado a ele, conhecem-lhe a voz e respondem ao nome, mas isto não quer dizer que obedeçam, elas aqui estão livres e sabem disso!
Têm uma rotina diária para as manter saudáveis e activas mas sempre em segurança, comer, passear, comer, banhos de lama, banho no rio, banhos de areia, voltar a comer…
Cada uma destas meninas come cerca de 150/200kg de vegetais por dia!!!
Adoram fruta e temos de as alimentar à mão senão as mais velhas não comem nada, já que as mais novas comem super rápido!
E tudo isto foi só no meu primeiro dia, fui dormir super cedinho, eram 20:00 já estava a dormir numa cabana dentro do campo, e com o sono que tinha dormi que nem um elefante!!!
97c720_58d06eb273cd49ed882c45d7d8cd251c-mv2_d_3024_4032_s_4_2
97c720_9ce7e494314b4bb7999f0c22703fb0c9-mv2_d_4032_3024_s_4_2
97c720_3014e6b959bc47758b206f25c15c9d56-mv2
97c720_2f9872cfae1a442cb26858c314b8caa5-mv2
97c720_300ec0b8c12d484f8215a3c5606d0660-mv2_d_4032_3024_s_4_2

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s